Sobre acessibilidade

Serviços

04/01/2018 - 15:45

Com mais de 220 mil vidas seguradas, o Iasep superou a marca de 4,4 milhões de  procedimentos em saúde no ano de 2017, entre consultas, exames e procedimentos hospitalares. Ajustando as contas com a rede credenciada, a instituição ampliou o número de atendimentos em saúde e melhorias na rede para 2018.

“Com os investimentos do Governo do Estado e a contribuição do servidor, mais de 92 mil famílias seguradas pelo Iasep estão recebendo atendimento hospitalar e ambulatorial nas melhores empresas de saúde, em 39 municípios do Pará”, afirma a presidente do Instituto, Iris Gama. Dessas 92 mil famílias, 70 mil pagam menos de 500 reais por mês pelo plano, “um valor que só é possível com o aporte do Governo e por ser um plano que não cobra por faixa etária”, explica ela.

A presidente esclarece que, para garantir a sustentabilidade do plano, o Governo do Estado teve que adotar algumas medidas necessárias, em 2016, reajustando as alíquotas de contribuição do Iasep. Para o Estado, a readequação financeira implicou em um investimento de 322 milhões de reais no plano dos servidores, em 2017. Para o servidor público, o reajuste foi de 6% para 9% sobre os vencimentos. “Essa medida permitiu a regularização de pagamentos à rede credenciada e o aumento no número de segurados sendo beneficiados com consultas, exames e cirurgias”, diz ela.

“Sem fila de espera para iniciar tratamento, os segurados do Plano Iasep têm hoje a garantia de tratamento oncológico completo, nos maiores hospitais privados do estado. O mesmo ocorre com outros procedimentos de alta complexidade, como o tratamento para a realização de hemodiálise e cirurgias neurológicas”, esclarece a gestora do Instituto.

De acordo com a presidente do Iasep, três grandes metas estão previstas para 2018: a melhoria da rede credenciada, especialmente nas regiões mais distantes da capital; a unificação de todas as unidades da capital na Central de Segurados e a implantação da informatização do atendimento. “Todas essas medidas já estão em andamento. O saneamento total dos débitos, que ocorre com o fim do parcelamento, em 2018, permite ao Iasep que viabilize formas de melhorar a rede de atendimento aos segurados do Plano”, garante a gestora.